terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Pedreiro constrói casa em forma de elefante em Cordisburgo, em MG

(Foto: Reprodução de vídeo/print de tela/Globo Minas)
Um pedreiro de Cordisburgo, na Região Central de Minas Gerais, resolveu inovar e construiu uma casa em forma de elefante. Ele juntou o conhecimento em construção civil com o talento de escultor.
A intenção do mestre de obras, que vive sozinho, era fazer do local um novo endereço para morar. Vários turistas ficaram interessados em se hospedar no local e o dono já pensa em mudar os planos.
Das costas do elefante dá para se ter uma vista panorâmica da cidade. O pedreiro já havia construído um zoológico de pedra em uma praça.
 Veja o vídeo da reportagem.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Empresa japonesa exibe moto que vem com privada como assento

(Foto: Reprodução/ Yoshikazu Tsuno/AFP)
Uma empresa japonesa exibiu nesta quinta-feira (15) uma moto que vem equipada com um vaso sanitário como assento.
(Foto: Reprodução/ Yoshikazu Tsuno/AFP)
O veículo chamado "Toilet Bike Neo" usa biocombustível e foi apresentado na capital Tóquio. 
Do G1

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Porco de duas cabeças e três olhos nasce na China

(Foto: Reprodução/Reprodução)
Em Changtai, na China, o fazendeiro Xiao Jintu ficou surpreso ao ver que um dos porquinhos, de uma ninhada de 12, tinha duas cabeças, duas bocas e três olhos.
Ele foi o quinto a nascer e eu não pude acreditar quando vi aquilo”, disse Xiao.
Apesar da deformidade, o animal anda normalmente e se alimenta igual aos outros. A bizarrice, alíás, vai salvá-lo da panela. O fazendeiro garante que vai dar atenção ao porquinho de duas cabeças.
Ele vai ter carinho extra para levar a vida dele”, afirmou.
Do: Extra on line

Criadores improvisam sutiãs para vacas leiteiras

(Foto: Reprodução/Grosby Group)
Vacas leiteiras que produzem até 30 litros de leite por dia ganharam um presente de seus criadores. Com o objetivo de diminuir o peso que as vaquinhas têm de suportar, foi improvisada uma espécie de sutiã para os animais.
A “lingerie” foi desenhada e produzida a partir de um emaranhado de cordas e telas. Presa ao corpo das vacas, ela dá maior sustentação às tetas cheinhas de leite.
Na Islândia, objeto semelhante é utilizado para proteger o gado leiteiro da poluição vulcânica, enquanto na Rússia, uma “roupa íntima”, protege as tetas do frio intenso.
Do Planeta Bicho

Prestes a virar ceia de Natal, perus ouvem rádio para relaxar

(Foto: Reprodução/Grosby Group)
Criadores de perus da região de Berkshire, na Inglaterra, resolveram presentear os animais com um pequeno rádio.
Ao som de músicas clássicas, o objetivo é fazer com que o grupo relaxe dias antes do abate. Os bichinhos estão sendo criados para virar ceia de Natal.
Do Planeta Bicho

Na Antártida, pinguins são flagrados namorando

(Foto: Reprodução/Grosby Group)
O fotógrafo Silviu Ghetie, de 43 anos, retornou encantado de sua viagem à Antártida. Durante expedição pelas paisagens geladas da península, o romeno flagrou o namoro de um casal de pinguins.
A dupla estava muito afastada do grupo de pinguins. Além disso, era como se estivessem se olhando e de mãos dadas. Uma cena muito romântica”, contou Ghetie ao jornal Daily Mail desta terça-feira (13/12).
Segundo o fotógrafo, após aproximadamente dois minutos de namoro, um terceiro pinguim apareceu na cena. “Quando ele chegou, ‘quebrou o clima’ do casal, que caminhou em direção ao bando”, contou.
Do Planeta Bicho                                      Notícia original, em inglês

Selo comemorativo marca 20 anos do Instituto de Pesquisas do Amapá - IEPA

(Imagem: Reprodução/Divulgação/IEPA)
O Governo do Amapá, em parceria com a Empresa de Correios e Telégrafos (ECT/AP), lançou, nesta terça-feira, 13, um Selo Comemorativo para marcar os 20 anos de fundação do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Amapá (Iepa). O Selo Comemorativo será distribuído em órgãos e instituições do Estado.
O Selo, que terá valor de postagem em todo o mundo, é um símbolo do alcance e importância do trabalho do Instituto, que inova com pesquisas de repercussão nacional e internacional. A arte da estampilha é uma concepção de Ana Kelen, da Unidade de Designer do Iepa, para destacar a história de duas décadas da instituição.
O desenho traz referências às tradições e Cultura amapaense, enfatizando a Tecnologia e a Ciência, principais identificações das atividades desenvolvidas pelo Iepa, uma combinação entre a matéria-prima natural e ação institucional.
Programas de pós-graduação e mestrado no Amapá recebem apoio e integração com o Iepa, por isso, gestores e membros de todos os órgãos de pesquisa do Estado, como Universidade Federal do Amapá (Unifap), Universidade Estadual do Amapá (Ueap), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária do Estado (Embrapa/AP), Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia (Setec) e Fundação Tumucumaque estiveram presentes para celebrar o lançamento do Selo.
"Nossos pesquisadores estão em campo para dar suporte a todos os empreendimentos do Governo do Amapá. Temos credibilidade local, nacional e internacional por conta dos trabalhos que já realizamos", destacou o diretor-presidente do Iepa, Augusto Oliveira.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Globo Natureza: Lagoa dos Patos

Nessa lagoa gaúcha podem ser encontradas muitas aves, mas não se veem patos. O nome Lagoa dos Patos é atribuído a uma tribo de índios, antigos habitantes da região. Parte de sua água vem do mar, além dos camarões, peixes, botos e leões marinhos.
Assista ao vídeo:

Globo Natureza

Globo Natureza: Cagaita

A fruta tem a fama de provocar problemas digestivos. Mas ela só faz mal quando é colhida e consumida ainda quente do sol. A cagaita é saudável e gostosa; pode servir como base de geleia e sorvete.
Assista ao vídeo:

Globo Natureza

Empresa exibe privada decorada com 72 mil cristais Swarovski

(Foto: Reprodução/Yoshikazu Tsuno/AFP)
Um vaso sanitário decorado com 72 mil cristais Swarovski, da empresa Lixil, foi exibido nesta segunda-feira (12) em Tóquio, no Japão. A privada é avaliada em US$ 130 mil (cerca de R$ 236 mil), mas não está à venda.
Do G1

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

RARIDADES MUSICAIS! Jackson do Pandeiro

Para você baixar
Jackson do Pandeiro - Discografia Completa

1955 - Jackson do Pandeiro


 
1956 - Forro do Jackson

 
1958 - Jackson do pandeiro - Forró do Jackson


 
1959 - Jackson do Pandeiro - Columbia

1960 - Cantando de Norte a Sul


1960 - O Sucesso do Momento


 
1960 - Sua Majestade o Rei do Ritmo

1961 - Ritmo Melodia e a Personalidade de Jackson do Pandeiro


 
1961 - Jackson do Pandeiro - Mais Ritmo

1962 - A Alegria da Casa


 
1962 - É Batucada


 
1963 - Jackson do Pandeiro, Almira e Zé Calixto - Caminho da Roça


 
1963 - Forro de Zé Lagoa

 
1963 - O Cabra da Peste


 
1964 - Jackson do Pandeiro e Almira - Coisas Nossas


1964 - Jackson do Pandeiro e Almira - Tem Jabaculê


 
1964 - São João no brejo


 
1966 - Os Grandes Sucessos de Jackson do Pandeiro


 
1967 - A Braza do Norte



1970 - Aqui Tô Eu - Jackson do Pandeiro


 
1971 - O Dono do Forró

1972 - Programa Ensaio


1972 - Sina de Cigana


 
1973 - Jackson do Pandeiro - Tem mulher, Tô Lá



1974 - Nossas Raízes


 
1976 - Mutirão


 
1976 - É Sucesso

 
1977 - Jackson do Pandeiro - Um Nordestino Alegre

1978 - Alegria Minha Gente


 
1980 - O Fino do Pau de Sebo Vol. 8

1981 - Jackson do Pandeiro - Isso é Que é Forró



Jackson do Pandeiro - Coletâneas

1998 - Tributo a Jackson do Pandeiro - Genival Lacerda

1999 - Jackson do Pandeiro Revisto e Sampleado


2000 - Jackson do Pandeiro & Gordurinha - Enciclopédia Musical Brasileira

A Popularidade de Jackson do Pandeiro


 
Coletânea - A Tuba da Muié


Jackson do Pandeiro - 20 Super Sucessos



Jackson do Pandeiro - Como Tem Zé na Paraiba (Compacto)

 
Jackson do Pandeiro - Micróbio no frevo - Vou gargalhar (Compacto)


 
Jackson do Pandeiro - Raízes Nordestinas


 
Jackson do Pandeiro - Brilhantes



Do blog Taringanet

O fenômeno da Ilha Jindo

A Ilha de Jindo, na Coreia do Sul, é sede de um dos mais surpreendentes fenômenos naturais do mundo.
(Reprodução) 
Chamado de Milagre de Moisés, duas vezes ao ano, durante a maré baixa, abre-se uma passagem no mar de 2,8 quilômetros de comprimento e 40 aproximadamente metros de largura, unindo as ilhas de Jindo e Modo por um período de uma hora.
(Reprodução)
Os visitantes podem atravessar entre o mar.
Do ACVariedades
BlogBlogs.Com.Br