segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Americana supera o trauma da viuvez comendo cinzas do marido

Casie perdeu o marido, Shawn, em um repentino e fulminante ataque de asma. A perda foi terrível e a americana de Fayetteville (Tennessee) teve que encontrar uma forma de superar a grande dor e "fazer o mundo voltar a girar".
"Tudo o que eu sempre quis de um homem estava diante de mim", disse Casie durante um episódio da série "Meu estranho vício", da rede TLC.
Mas o homem da vida dela se foi. Acabou cremado. No começo, Casie levava a urna com as cinzas de Shawn para todos os lugares: padaria, cinema, restaurante...
Um dia, parte das cinzas caiu nas mãos de Casie.
"Não queria assoprar porque aquilo era o meu marido. Então eu lambi os meus dedos", relatou.
Desde então, Casie não parou mais de comer as cinzas do marido. E funcionou: ela agora se sente bem melhor.
Além da estranheza que Casie provoca em parentes e amigos, a americana está sob um risco considerável: as cinzas contêm produtos químicos que podem levar a psicose se ingeridos.
Segundo Casie, as cinzas têm gosto de "ovo podre, areia e lixa".
Fotos: Reproduções

Nenhum comentário:

Postar um comentário

BlogBlogs.Com.Br